Magias para cada fase da Lua

Esse post é bem introdutório e de fácil acesso por todos, apenas para situar um pouco sobre a magia no Sistema Lunar, para iniciantes não cometerem erros na hora de escolher um feitiço.

Lua Nova: Faça magias que deem impulso à algo novo: projeto, relacionamento, emprego e etc.

Lua Crescente: Faça magias que visem o desenvolvimento e melhoras das situações: financeiro, emocional, espiritual, etc.

Lua Cheia: Faça magias de atração: amor, poder espiritual, intuição, conexão com guias e mentores.

Lua Minguante: Faça magias ligadas a banimento de vícios, negatividade, ataques psíquicos, tudo que deseja pra longe de você.

009539a88b2f6aa30b201c380eaaeac1

Fonte: http://www.magianodiaadia.com/2017/07/fases-da-lua.html?spref=pi

Encantamento simples para uso com Velas

Antes de ler esse post, sugiro que leia antes o post Usando velas na magia pt1 e Usando velas na magia pt2. São fonte essencial antes de praticar esse encantamento.

Após escolher a cor da vela e o pedido direcionado que quer fazer, acenda a vela e coloque suas mãos em volta da mesma, sinta o calor das chamas e visualize o seu pedido sendo concretizado. Leve o tempo que achar necessário para a visualização, o importante é que você consiga passar sua energia para a vela. Você também pode dedicar a vela à algum Deus ou Deusa que tenha coerência com o que está pedindo.

Depois que isso for feito, fale com veemência:

“Vela de poder, vela de força, cria os meus desejos aqui nesta noite (se for durante o dia, troque a palavra para dia). Poder, flui do fogo desta vela. Traz-me o desejo do meu coração. As minhas palavras têm força, a vitória está ganha. Assim digo, Assim seja! Este encantamento está feito.”

A vela deve queimar até o fim. Certifique-se de colocá-la em um pratinho bem firme ou recipiente próprio para isso para sua segurança. Depois que a vela queimou, se sobrar restos de cera, tire cuidadosamente com o athame ou faca e coloque os restos de volta na Natureza.

FONTE: Desconhecida.

Usando Velas na Magia pt2

Esse post é uma continuação do post Usando Velas na Magia pt1. Neste post, vamos ver o significado das chamas das velas.

VELA QUE NÃO ACENDE PRONTAMENTE
O Anjo pode estar tendo dificuldades para ancorar. O astral ao seu redor pode estar poluído.

VELA QUEIMANDO COM LUZ AZULADA
Indica a presença de Anjos e Fadas. É um bom sinal.

CHAMA VACILANTE
O Anjo demonstra que, devido às circunstâncias, seu pedido terá algumas mudanças.

CHAMA QUE LEVANTA E ABAIXA
Você está pensando em várias coisas ao mesmo tempo. Sua mente pode estar um pouco
tumultuada.

CHAMA QUE SOLTA FAGULHAS NO AR
O Anjo colocará alguém no seu caminho para comunicar o que você deseja. Poderá ter
algum tipo de desapontamento antes do pedido ser realizado.

CHAMA QUE PARECE UMA ESPIRAL
Seus pedidos serão alcançados, o Anjo já está levando sua mensagem.

PAVIO QUE SE DIVIDE EM DOIS
O pedido foi feito de forma dúbia.

PONTA DO PAVIO BRILHANTE
Você terá muita sorte e sucesso em seu pedido.

VELA QUE CHORA MUITO
O Anjo sente dificuldades em realizar seu pedido.

SOBRA UM POUCO DE PAVIO E A CERA FICA EM VOLTA
O seu Anjo está precisando de mais orações.

A VELA SE APAGA
O Anjo ajudará na parte mais difícil do pedido, o resto cabe a você resolver. Como é sempre dito, preste muito atenção nas mensagens que os Anjos nos enviam a todo momento, elas são importantes, muito importantes.

No próximo post, vamos ensinar um pequeno feitiço que pode ser usado nas velas para iniciantes. Fiquem atentos!

Fonte: DESCONHECIDA.

Usando velas na magia pt1

O fogo e o brilho das velas são usados para representar o Elemento Fogo. Também significa fé e transmutação de energia. A chama da vela é usada por milhares de anos pelos feiticeiros para rituais, magias, conversas e oferendas aos Deuses. A vela também carrega um simbolismo de emanar luz na escuridão.

Na magia, as cores das velas são de extrema importância e é bom sempre saber o que elas significam antes de sair praticando magia e acabar atraindo algo que não quer.

Significado das cores das velas:

Branca:
É a mistura de todas as cores; alinhamento espiritual, limpeza, saúde, verdade, poder,
pureza. Grandes realizações na vida, totalidade; usada em rituais que envolvam a energia lunar.

Amarela:
Intelecto, criatividade, unidade, trazendo o poder da concentração e da imaginação para o ritual; use em rituais onde você deseje obter dos outros uma confidencia ou persuadir
alguém. Simboliza também a energia solar. Ação, atração, inspiração e mudanças súbitas.

Dourada ou Amarelo muito claro:
Ativa a compreensão e atrai as influências dos poderes cósmicos; beneficia rituais para
atrair dinheiro ou sorte rápida. Simboliza também a energia solar. Poderes divinos
masculinos.

Rosa:
Favorece o romance, a amizade; é uma cor usada em rituais para desenvolver sentimentos afetuosos; cor da feminilidade, honra, serviço, e favorece o diálogo em mesas de refeição familiar. Despertar espiritual, cura de espírito e comunhão.

Vermelha:
Saúde, energia, potência sexual, paixão, amor, fertilidade, força, coragem, vontade de
poder; aumenta o magnetismo em um ritual; Energia dos signos de Áries e Escorpião. Para a combater o medo ou a preguiça.

Prateada ou cinza bem claro:
Remove a negatividade e encoraja a estabilidade; ajuda a desenvolver as habilidades
psíquicas. Atrai a energia da Grande Mãe. Vitória, meditação, poderes divinos femininos.

Roxa ou Púrpura:
Poder, sucesso, idealismo, progresso, proteção, honras, quebra de má sorte, afasta o mal,
adivinhação, altas manifestações psíquicas; ideal para rituais de independência, contato
com entidades astrais. Energia de Netuno.

Magenta:
Combinação de vermelho com violeta, esta cor oscila com alta freqüência; para rituais que necessitem de uma ação rápida ou um poder bem elevado ou uma saúde espiritual
requerida; rápidas mudanças, cura espiritual e exorcismo.

Marrom ou Castanha:
Cor da terra, equilíbrio; para rituais de força material; elimina a indecisão, atrai o poder da concentração, estudo, telepatia, sucesso financeiro. Serve também para encontrar objetos que foram perdidos.

Índigo:
Cor da inércia; para parar pessoas ou situações; use em um ritual que requeira um elevado estado de meditação; Neutraliza a magia lançada por alguém, quebra maledicência, mentiras ou competição indesejável. Equilíbrio do Karma. Energia de Saturno.

Azul Royal:
Promove a alegria e a jovialidade; use para atrair a energia de Júpiter ou para qualquer
energia que você queira potencializar.

Azul Claro:
Cor espiritual; ajuda nas meditações de devoção e inspiração; traz paz e tranqüilidade para a casa. Irradia a energia do signo de Aquário; Sintetiza as situações.

Azul:
Cor primária e espiritual para rituais que necessitem de harmonia, luz, paz, sonhos e saúde. Simboliza a verdade, inspiração, sabedoria, poder oculto, proteção, compreensão,
fidelidade, harmonia doméstica e paciência.

Verde Esmeralda:
Importante componente num ritual Venusiano; atrai amor, fertilidade e relação social.

Verde Escuro: Cor da ambição, cobiça, inveja e ciúme; coloca as influências destas forças num ritual.

Verde:
Promove prosperidade, fertilidade, sucesso, abundância, generosidade, casamento,
equilíbrio; estimula rituais para a boa sorte, dinheiro, harmonia e rejuvenescimento.

Cinza:
Cor neutra, ajuda a meditação; na magia, esta cor simboliza confusão, mas também nega ou neutraliza a influência negativa.

Preta:
Abre os níveis do inconsciente; usado em ritual para induzir um estado de meditação;
simboliza também a negatividade a ser banida, no caso de rituais de devolução, reversão, desdobramento, anulação de forças negativas, discórdia, proteção, libertação, repelindo a “magia negra” e formas mentais negativas. Atrai a energia de Saturno.

No próximo post, vamos falar sobre o significado das chamas das velas. Fique atento!

41e33176980c5a9e4a8ce5b1a34bd4b3

Fonte: Desconhecida.

Afinal de contas, o que é ser um bruxo?

Durante toda nossa vida os bruxos foram categorizados como praticantes do mal e que cultuavam os demônios. Graças a Igreja Católica, as bruxas foram caçadas durante séculos e por que? Porque cultuavam uma Deusa. Isso era completamente inaceitável em um regime patriarcal.

“Na visão espiritual de nosso mundo moderno, a feminilidade há muito tempo não é
considerada tão sacra quanto a masculinidade. A mulher, em todas as religiões patriarcais — o cristianismo e o islamismo em particular — é vista como aquela que traz o pecado, a traição, a armadilha ao sexo “santo”. Mais próxima da animalidade, pela menstruação e parto, e da terra. Como pode haver um deus feminino?, as pessoas indagam. As bruxas dizem que o parto é o ato criativo original, e que os seres pré-históricos adoravam tanto os deuses quanto as deusas (principalmente as deusas) desde tempos imemoriais. Isto está descrito nas mitologias mais antigas, e identificado por inúmeras figuras e esculturas de deusas, descobertas em sítios arqueológicos, no mundo inteiro.” (BETH, Rae)

No parágrafo anterior, fiz uma breve busca à história da Bruxaria, mas não vou me ater aos detalhes pois farei um post específico sobre isso em outro momento. Citei apenas para nos situar.

As bruxas não possuem verrugas e não são necessariamente velhas. Nem usam chapéus pontiagudos ou voam em vassouras. Uma bruxa pode ser sua vizinha que adora estudar sobre ervas, sua tia que faz coleções de cristais.

O que faz um bruxo? Pratica magia. Os bruxos podem trabalhar em conjunto ou serem solitários (nome que se dá ao bruxo que pratica magia sozinho ou com um companheiro(a)). Sua magia consiste em curar e ajudar. Porém, para ser um bruxo, precisa-se de muito estudo e dedicação. Não necessariamente viver com a cara nos livros, mas precisam ler, se informar, escrever, observar e criar. Criar? Mas como? O verdadeiro bruxo não precisa de feitiços prontos, ele os cria. Mas os feitiços prontos não funcionam? Claro que funcionam, mas com o passar do tempo, algumas práticas mágicas vão fazendo mais sentido para o bruxo e o mesmo já nem precisa mais de consulta, simplesmente vem naturalmente. Para ser bruxo precisa ser mulher? Não, qualquer ser humano independente do sexo ou orientação sexual pode ser bruxo.

Quero ser bruxo, por onde começo? A bruxaria tem muitas vertentes e não há exatamente uma certa para começar. Sugiro que leia muito, leita autores diferentes, com ideias diferentes, não é legal só ler um autor pois assim como muitas coisas na vida, ter várias visões diferentes sobre a mesma coisa expande nosso conhecimento. Leia sobre a história da bruxaria, sobre instrumentos mágicos, cristais, tarot, oráculos, deuses e etc. Vou deixar no blog algumas indicações de leituras com o passar do tempo. Espero que encontrem e se surpreendam bastante com esse mundo vasto que é a Magia.

Fonte: BETH, Rae. A Bruxa Solitária.

Feitiço do Desejo para Lua Cheia

Neste post trago pra vocês um feitiço muito simples que pode ser praticado por iniciantes. Vamos aproveitar essa Lua cheia do dia 31/03/2018 e também a Lua Azul. Para saber mais sobre a Lua Azul falarei no próximo post.

Então, vamos ao feitiço:

À noite, quando a Lua Cheia aparecer no céu, vá para o ar livre (pode ser até o quintal de casa, contanto que seja banhado pelo céu) com um copo de suco de qualquer sabor. Olhe para a Lua e diga exatamente o que deseja (conte em detalhes e não esqueça de nada). Quando terminar, levante o copo à Lua e diga:

“Deusa Mãe, olhe e veja

Este cálice que eu Lhe ofereço

Ele é seu por tudo que tens feito

Graciosa Deusa Prateada.”

Derrame o suco no chão e tenha certeza que seu pedido será atendido.

Feitiço tirado do livro “50 of the most powerful spells on the face of Earth” de fonte anônima.

O que é magia?

Como o blog é voltado para a magia e assuntos afins, vou começar com um post bem básico: O que é magia?

Pode parecer complexo, mas a magia é algo muito simples e está presente em quase todos os momentos da nossa vida. Vai desde sentir a energia dos lugares/pessoas até visualizar coisas e atraí-las para si.

“A Natureza é o universo em si. Não apenas seus poderes, mas também suas manifestações. Algumas dessas manifestações, como os espelhos, são artificialmente produzidas, mas estão ligadas e conectadas aos poderes da Natureza por intermédio de seu simbolismo.” Scott Cunningham

Saber utilizar e usufruir dos poderes da Natureza é o segredo para toda prática mágica. Nós, humanos, temos que aprender a canalizar nossa energia e trabalhar com ela. A magia é puramente uma maneira de tornar nossa vida melhor e seres humanos melhores. Isso é o que a torna tão mágica e divina.

Tudo é energia. O Universo é formado por energia e funciona sob duas polaridades: energia positiva e energia negativa. Nada funciona direito sob energia negativa. Não adianta fazer um feitiço de prosperidade se estamos com uma aura negativa, o feitiço não irá funcionar. Para que um feitiço ou ritual tenha sucesso, precisamos estar limpos energeticamente e fisicamente e acreditar que aquilo realmente funciona. Uma pessoa negativa tem dificuldades de crer no divino, o que acaba impossibilitando a magia.

Magia é energia e também visualização. Para que um feitiço dê certo, precisamos focalizar e visualizar conseguindo o que queremos, seja dinheiro, saúde, ou algo específico, como o casamento. Fé, apesar dessa palavra ser muito usada no meio cristão, ela também é fundamental na magia. Precisamos acreditar no poder da natureza, no poder do universo e, principalmente, no poder de nós mesmos.

“A magia é a utilização das forças da Natureza para acarretar as mudanças necessárias.” Scott Cunningham

Na magia, observamos a posição dos planetas, do sol e as fases da Lua. Isso é essencial para trabalhar com magia. Cada fase da Lua é propícia para algum tipo de magia, por exemplo, Lua Minguante para banimento e Lua Crescente para prosperidade. Não vou me aprofundar nisso pois esse post é bem introdutório.

Algo muito importante que precisa ser entendido nesse post: não adianta nada fazer todos os passos dos rituais, acender velas e entoar encantamentos se você não acredita no que está fazendo. Fé é a base da magia. A energia da Natureza só poderá ser realmente utilizada juntando a sua energia e sua força de vontade.

Por enquanto, é isto. Esse post, como comentei antes, é apenas uma introdução nos caminhos da magia. Espero que tenham gostado! Aguardo comentários!

tumblr_nvptwklwph1toz6xgo1_500

Fonte: CUNNINGHAM, Scott. Magia Natural: Rituais e Encantamentos da Tradição.